A albufeira do Roxo, que está a 21 por cento da capacidade útil, vai receber pela primeira vez, a partir de quinta-feira, água do Alqueva para garantir rega e abastecimento público aos concelhos de Beja e Aljustrel.

Segundo a Empresa de Desenvolvimento e Infra-estruturas do Alqueva (EDIA), num comunicado enviado à agência Lusa, a barragem vai começar a transferir 15 milhões de metros cúbicos (m3) de água para a albufeira do Roxo, através da central mini-hídrica ali instalada, para "alimentar" os perímetros de rega e garantir o abastecimento público a Beja e Aljustrel.

O início da transferência de água vai ser assinalado na quinta-feira à tarde, num acto junto à central mini-hídrica do Roxo, no concelho de Aljustrel, distrito de Beja, e que conta com a presença do comissário europeu para a Agricultura, Phil Hogan, e do ministro da Agricultura, Luís Capoulas Santos.